CONCURSO NACIONAL DE OBRAS DE EXPRESSÃO PLÁSTICA DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Programa do Colóquio "A Importância da Arte no Quotidiano da Pessoa com Deficiência Intelectual"

Auditório da Fundação Manuel António da Mota – Mercado do Bom Sucesso, Porto / 21 Setembro 10.00h

 

 

 

10.00 – Abertura. Boas vindas.

 

10.15 – Pequenas apresentações de alguns quotidianos

 

Oradores convidados:

 

Carla Castilho / APPACDM Viana do Castelo

Paula Xavier / CECD Mira Sintra

Alzira Fidalgo / ZIR’ART, Rio Tinto

Daniela Gomes / CERCICA, Cascais

João Paulo Silva / APPACDM Viseu

Paula Guerreiro / Casa do Sol, CAS Pisão, Cascais

Nuno Lacerda / Fundação AFID

 

DEBATE

(Pausa para almoço. Recomeço do colóquio às 14.00)

 

 Françoise Dal / Creahm Bruxelas

 Cristina Passos / Fundação Liga

 

 DEBATE

 

16.30 ENCERRAMENTO DO COLÓQUIO.

 

Em virtude de presença do CREAHM-Bruxelas, no colóquio existirá o apoio de tradução simultânea.

 

 

Em baixo poderão encontrar notas biográficas de alguns convidados

 

 

Carla Vieira Castilho

Frequentou a licenciatura de Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes do Porto, e a licenciatura de Cerâmica Artística na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Tem uma pós-graduação em Educação Artística. Frequenta o curso de Mestrado de Educação Artística na Escola Superior de Educação, do IPVC, tema da dissertação: O Impacto da Educação Artística na vida adulta. Iniciou a sua carreira como Técnica de Artes Plásticas, na APPACDM de Viana do Castelo, em 2006. Tem como principais funções dinamizar o Atelier de Cerâmica e Pintura e assegurar que os utentes se envolvam em experiências no campo das artes plásticas (pintura e escultura). Ainda nesta instituição tem vindo a dar formação em diversos eventos/ ateliers abertos/ workshops no âmbito das artes plásticas. Participa igualmente noutros projetos sociais. Como artista, tem participado em exposições individuais e coletivas. Criou o atelier Tons de Terra onde tem desenvolvido um trabalho diversificado ao nível das artes plásticas.

 

 

 

Ana Paula Coimbra Xavier Fernandes

Estudou na Escola Artística António Arroio (Equipamento e Interiores. Cerâmica), e obteve a Licenciatura em Design de Equipamento pela FBAUL. Desde 2002 que é professora de Artes (Expressão Plástica, Educação Tecnológica e Educação Visual e Desenho) do 1º, 2º, 3º Ciclos e Ensino Secundário, no Colégio do Amor de Deus, em Cascais. Desde 2014 colabora com o Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência, Mira Sintra (C.E.C.D.) desenvolvendo projetos artísticos de Expressão Plástica no “PrimaverArte”: “Expressar, Participar e Incluir”(2014), “Impressões Artísticas”(2016), “Em rede-ligação com arte” (2017), todos eles direcionados para pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais e para jovens e adultos da comunidade, numa perspetiva de trabalho inclusivo. Participações e colaborações em livros, revistas e jornais como Ilustradora. Membro dos urbansketchers e da Associação AdGentes (ONGD).

 

 

 

Maria Alzira Silva dos Santos Fidalgo

Licenciada e com Especialização em “Qualificação para o exercício de outras funções Educativas, Educação Especial – Problemáticas de Risco”, com Mestrado em Educação Especial “Multideficiência e Problemas de Cognição” pelo Instituto Politécnico do Porto (ESE – Escola Superior de Educação do Porto). De 1985 a 2014 exerceu funções letivas num Externato de Educação Especial situado na cidade do Porto, sendo responsável por turmas de crianças e jovens com problemas do foro psiquiátrico. Nesse último ano, fundou o Zir’Art com o objetivo de promover o desenvolvimento global de pessoas com limitações, tanto físicas como intelectuais, tentando dar uma resposta mais abrangente em áreas que a partir de determinada idade são muitas vezes esquecidas e, que no seu entender, fundamentais para o desenvolvimento emocional do ser humano. O objetivo principal desta instituição é desenvolver o saber estar em sociedade, dando ferramentas para o controlo emocional e respeito pelo outro, utilizando as diferentes formas de Arte como meio, e proporcionando e valorizando a originalidade de cada um.

 

 

 

João Paulo Silva

Licenciado em Animação Sociocultural e Mestrado em Animação Cultural, exerce funções de Técnico Superior de Animação Sociocultural na APPACDM Viseu, Estabelecimento de Santa Comba Dão, onde além de outras áreas, desenvolve trabalho artístico nas áreas do Teatro e da Expressão Plástica com vários materiais.

 

 

 

Paula Guerreiro

Formou-se no IATA, em 1999, numa área de apoio administrativo (Hospedeira Rececionista). Mas o seu sonho era outro. Cada vez mais ligada às áreas sociais, acabaria por, devido a uma oportunidade ainda ligada à sua formação académica, exercer funções no Centro Social do Pisão (Santa Casa da Misericórdia de Cascais). Aí, finalmente, pode encontrar-se com a sua vocação: desde 2010 é monitora de artes e expressão corporal no CAO Casa do Sol.

 

 

 

Nuno Lacerda

Concluiu em 2008 a licenciatura (Pré-Bolonha) em Artes Plásticas - Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Formação em banda desenhada (CITEN - Centro de Arte Moderna José Azeredo de Perdigão, Fundação Calouste Gulbenkian) e representação teatral (Casa de Teatro de Sintra). Desenvolve o seu trabalho artístico em torno do Vídeo, da Pintura e da Ilustração e é membro ativo de vários projetos coletivos de Teatro e Música. Desenvolve atividades de educação e sensibilização artística para o público infanto-juvenil desde 2005, em colaboração com várias instituições culturais e particulares. Coordenador do atelier de Pintura da Fundação AFID Diferença desde 2015.

 

 

 

Françoise Dal

Após a frequência da Escola Nacional Superior de Arquitetura e Artes Visuais «La Cambre», em Bruxelas, liga-se ao CREAHM, em 2003, como coordenadora de projetos, de comunicação e mediadora cultural, vindo a ser, após 2015, a diretora desta associação. Nessa condição, organizou e co-produziu um conjunto de manifestações artísticas, de natureza pluridisciplinar, de teatro, dança, performance coreográfica e instalações plásticas (« Moing-Nika, une intrigue singulière», «Hic et Nunc», «Rencontres et moi», «Etrange» são alguns desses projetos, uns e outros apresentados na Bélgica, ou em França, e o ultimo destes na Coreia do Sul. Tem escrito artigos sobre esta temática, assim como marcado presença em colóquios e debates espacializados, entre os quais aqui destacamos o texto no numero especial da Revue Nouvelle, maio 2016, editada pela Universidade de Namur, dedicado ao tema Arte e Deficiência.

 

 

 

 

 

 

Concurso Nacional de Obras de Expressão Plástica de Pessoas com Deficiência Intelectual

APPACDM do PORTO

 

appacdmporto.com

 

FUNDAÇÃO MANUEL ANTÓNIO DA MOTA

 

fmam.pt

 

FUNDAÇÃO MONTEPIO

 

montepio.pt

 

LETRAS ENCANTADAS

 

letrasencantadas.com

Curadoria / Organização