lista de premiados cridem 2016

Consultar. Ver Ata do júri.

Nova Exposição do CRIDEM 2016

Na inauguração de mais uma exposição CRIDEM 2016, os promotores (da esq.da para a dir.ta ): Dr. Rui Pedroto, FMAM; Dr.ª Teresa Guimarães, APPACDM do Porto; Dr. Tomás Correia e Dr.ª Paula Guimarães, Fundação Montepio; Dr.ª Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência; Dr.ª Inês Cordovil, Chefe de Gabinete SEIPD.

f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f f

Antes, o Cridem esteve na Atmosfera M - Porto

Os Premiados

O Troféu

Aos principais premiados foi atribuído o troféu do concurso, da autoria do escultor António Nobre.

Este artista tem sido o autor dos troféus desde a 1ª edição do concurso, oferecendo graciosamente o seu contributo artístico, deste modo expressando o seu carinho e apoio por esta iniciativa.

Cridem, uma ideia feliz

Todas as instituições com a vocação social de acolher e formar as pessoas com deficiência intelectual têm a iniciativa de realizar exposições meritórias dos trabalhos dos seus educandos / utentes, mas que eram só conhecidas pelos familiares e pelas pessoas do respetivo meio convivencial.

O CRIDEM sonhou estender a todo o universo nacional este sonho de proporcionar à nossa população uma oportunidade de dizer aos outros que também existem, que são pessoas com potencialidades e, se não acreditam, venham ver o que fazemos.

A “criança” cresceu rapidamente e as circunstâncias obrigaram a que ela tivesse um nome fácil de fixar e que fosse esclarecedor do eixo dos motivos a que vinha. Com a bênção de todos os responsáveis passou a designar-se por CRIDEM, acrónimo de “Criatividade do Deficiente Mental”.

Aires Moreira - Co-fundador do CRIDEM

Aires Moreira
Fundador do CRIDEM

Dr.ª Josefina Bazenga
Dr.ª Teresa Guimarães
APPACDM Porto

Os Promotores

APPACDM
Fundação Montepio
Fundação Manuel António da Mota

A Criatividade na Pessoa
com Deficiência Intelectual

A criatividade define-se pelas obras e não existe sem elas. Todos os indivíduos têm a potencialidade de criar, sendo o desejo de criar universal. A variação do potencial criador dependerá das oportunidades que terão em expressá-lo, não se esperando com isto transformar as pessoas em génios ou artistas.

O mundo interior das pessoas com deficiência intelectual é um conjunto móvel e não estabilizado de representações de sentimentos, de crenças que tendem a exteriorizar-se na razão directa da sua força e da sua intensidade num mundo muitas vezes sincrético.

No campo da criatividade abrem-se espaços que permitem, ao cidadão com deficiência como a todos nós, comunicar aspirações, emoções e modos de ver. O CRIDEM apenas proporciona, e bem, a oportunidade.

Dr.ª Paula...

Dr. Rui Pe...

Dr.ª Paula Guimarães
Fundação Montepio

Dr. Rui Pedroto
Fundação Manuel António da Mota

As Exposições

FUNDAÇÃO MANUEL ANTÓNIO DA MOTA

Praça do Bom Sucesso, 74-90, piso 1

4150-146 Porto

09 a 29 de Setembro 2016

FUNDAÇÃO MONTEPIO – ATMOSFERA M

Rua Castilho, nº 5

1250-066 Lisboa

20 de Outubro a
30 de Novembro 2016

FUNDAÇÃO MONTEPIO – ATMOSFERA M

Rua Júlio Dinis, nº 158-160

4150-318 Porto

03 de Dezembro 2016 a
12 de Janeiro 2017

Arquivo

img img img img img img img img img img img img img img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img> img>